Hipersensibilidade dentinária

Hipersensibilidade
dentinária

A hipersensibilidade dentinária é uma dor curta e aguda nos dentes que ocorre normalmente em resposta a um estímulo não nocivo. Denominada frequententemente sensibilidade dentária ou dentes sensíveis, ocorre subitamente quando a dentina do dente é exposta a estímulos externos, tais como alimentos quentes, frios ou ácidos, estimulando as fibras nervosas da parte interna do dente.

  • Etiologia, Causas e Sintomas

    A hipersensibilidade dentinária é causada pela exposição da camada de dentina do dente. Normalmente, a dentina suave está protegida pelas gengivas na zona da raiz ou pelo esmalte dentário duro na coroa. A dentina tem túbulos, ou canais estreitos, que conduzem à polpa do dente, onde estão localizadas as fibras nervosas. Quando os estímulos externos conseguem atingir estes túbulos, podem estimular as fibras nervosas e são registados como dor.

    A principal causa da dentina exposta é a retração do tecido gengival. Quando as gengivas retraem, expõem o colo do dente, onde a dentina está protegida apenas por uma fina camada de cemento, que é facilmente removível.

    A perda de esmalte pode também conduzir à hipersensibilidade dentinária quando toda a camada de esmalte que protege a dentina subjacente é removida por erosão, abrasão ou atrito.

    A dor causada pela hipersensibilidade dentinária pode ser desencadeada por vários estímulos externos. Os estímulos comuns incluem:

    • alimentos e bebidas quentes, frios, açucarados e ácidos;
    • ar frio;
    • estímulos táteis, p. ex., escovar ou raspar a superfície exposta da dentina.

    A hipersensibilidade dentinária é comum, mas subdeclarada, pelo que é difícil medir a respetiva incidência com precisão. Contudo, estudos estimam que a frequência pode chegar aos 60 %. Apesar de o risco de exposição da dentina aumentar com a idade, a hipersensibilidade dentinária normalmente atinge o pico entre os 30 e os 40 anos, pois os túbulos podem ficar obstruídos naturalmente.

     

    indicação de dentina
  • Impacto na qualidade de vida dos pacientes

    pessoas felizes

    A hipersensibilidade dentinária pode ser muito dolorosa para o paciente. No entanto, é comum os pacientes não referirem a sensibilidade nos dentes quando vão ao dentista.

    Nas fases iniciais, quando a dor é esporádica e breve, muitos simplesmente aceitam o problema e evitam os potenciais estímulos causadores da dor.

    Contudo, a hipersensibilidade dentinária pode progredir até ao ponto em que a dor se torna frequente, duradoura e intensa. Pode dificultar a realização de atividades diárias, como comer, falar e escovar os dentes, causando problemas de saúde oral ainda mais graves.

    As pessoas que sofrem de hipersensibilidade dentinária significativa referem ainda que esta tem um impacto na qualidade de vida, eliminando o prazer retirado da ingestão de alimentos e de bebidas e tornando-as ansiosas ou inseguras quando têm de o fazer em ambientes sociais ou públicos.

  • Prevenção, gestão e tratamento

    A hipersensibilidade dentinária pode ser tratada usando dentífricos e elixires especialmente formulados para tal. Estes normalmente funcionam ocluindo a dentina tubular, para evitar a transmissão de estímulos, ou dessensibilizando o nervo do dente.

    A tecnologia Pro-Argin nos dentífricos da Colgate funciona com base na oclusão física dos túbulos dentinários. Proporciona um alívio instantâneo da hipersensibilidade dentinária, massajando a fórmula ativa na área afetada do dente com a ponta do dedo. A utilização diária do dentífrico fortalece ainda mais a proteção contra a dor, proporcionando um alívio duradouro àqueles que sofrem de sensibilidade.

    De qualquer forma, a causa subjacente da dentina exposta (retração das gengivas ou desgaste do esmalte) deverá ser tratada, para não ficarem expostas mais superfícies da dentina.

     

    hipersensibilidade dental

Produtos

Elmex Hipersensibilidade dentinária produts

 

 

 

 

Saber mais

Recursos

recursos

 

 

Saber mais

Formação Profissional

Formação Profissional

 

 

Saber mais